domingo, 3 de fevereiro de 2013

Redenção

O Forrest Gump suíço esteve inexcedível no flanco direito
Após três resultados negativos a Juventus regressou às vitórias em Verona. Bastaram dois pontapés cruzados desferidos pelos pés canhotos de Matri e de Lichtsteiner ainda na primeira parte, para garantir um triunfo precioso que mantém o Napoli a três pontos de distância, de nada valendo a reacção da formação do Chievo na etapa complementar que ainda conseguiu reduzir por intermédio de Thereau, aproveitando um ressalto em consequência de um misto de passividade e de hesitação na defensiva e na própria equipa bianconera durante os vinte minutos iniciais do segundo período.

O regresso do maestro Pirlo foi fundamental na estratégia de jogo da vecchia signora que controlou e dominou grande parte do desafio. Destaque também para a tremenda capacidade física de Lichtsteiner, um verdadeiro toiro à solta no corredor direito, para a leitura táctica e posicional de Marrone, praticamente impecável como líbero e para o regresso aos golos de Matri, num belo volley de sinistro. Anelka esteve no banco de suplentes mas não se estreou. 

Os highlights:
video

Sem comentários: