terça-feira, 12 de fevereiro de 2013

Retumbante

A Juventus está praticamente qualificada para os quartos-de-final da Champions após vencer no reduto do Celtic por três bolas a zero, fruto de uma exibição personalizada e solidária de um colectivo enorme que merece os mais rasgados elogios por nunca se ter atemorizado perante o estilo de jogo directo e o futebol extremamente físico da formação escocesa, apoiada de princípio a fim por um público simplesmente extraordinário.

A melhor maneira de responder à entrada impetuosa do Celtic em jogo foi através da obtenção de um golo pleno de oportunidade de Matri a aproveitar o lançamento comprido de Peluso e o erro de Ambrose. Os católicos não pareceram sentir o revés e continuaram de forma incessante a tentar impor o seu jogo sempre alicerçado na componente física e na dinâmica dos seus jogadores. Com os sectores bem colocados e revelando notável espírito de entre ajuda, os bianconeri conseguiram com maior ou menor dificuldade suster todas as tentativas contrárias. Lichtsteiner que o diga, já que manteve um duelo aceso com Hooper, nomeadamente nos lances de bola parada.

O cariz do jogo não se alterou na etapa complementar. No entanto, com o avançar do relógio, a pressão do Celtic foi perdendo força, ganhando a Juventus maior acutilância ofensiva. Não surpreendeu o avolumar do resultado, consequência natural da superior qualidade técnica dos jogadores mais avançados da vecchia signora que, com combinações simples e eficazes, baralharam por completo a frágil retaguarda escocesa. 

1 comentário:

i'mred disse...

http://www.facebook.com/universofutebolistico2013 - Fundado em Fevereiro de 2013, o Universo Futebolístico é um projeto de atualização constante e de interacção com os seus seguidores.

Aguardo ansiosamente pelos vossos gostos, ajudem-nos a chegar aos 200!